nove coisas que odeio e uma coisa que amo

IMG_2277
  1. garçom inconveniente que enche minha taça de vinho de quatro em quatro segundos
  2. manobristas e flanelinhas. a melhor coisa de não ter mais carro é não ter que lidar com esses sujeitos
  3. gente que não sabe usar a cidade, indo nos lugares em turma e no horário de pico. puta que pariu
  4. o lixo imordível do sanduíche de mortadela do mercado da cantareira. aliás, pode colocar o sequíssimo pastel de bacalhau nessa mesma conta
  5. jornalista gastronômico que cai em xavecos de falsos bons e baratos, como le jazz e modi
  6. bartender que não faz seu mise en place direito de propósito, pra pagar de lenhador de gelo na frente da freguesia
  7. televisão no boteco
  8. gente que finge gostar de beber
  9. o maripili ser tão longe de casa. como se isso não bastasse, eles escolhem MOEMA, pra abrir seu segundo restaurante. à merda

a coisa que amo está diretamente ligada ao primeiro item, mas de maneira oposta. meio que quase todos lugares legais que abriram nos últimos anos são balcões informais, sem garçons, com comida boa e acessível. são paulo está mudando, e pra melhor.

Comente mas se atente!