img_0207

2017

entre poucos acertos e vários tropeços, em 2017 faz dez anos que publico essas groselhas gastronômicas. nesse tempo, quase todas minhas apostas foram um tiro n’água, mas mesmo assim insistirei em apontar alguns desejos pra esse ano novo que se inicia hoje. restaurante vegetariano não é porque alguns comensais dessa espécie são malas que agem […]

img_6448

fadiga

nesse ano que logo se encerra perdi alguns heróis e um grande amigo. pra piorar, um dos meus dois pugs está bastante debilitado por causa de uma, veja só, doença neurológica. tanta coisa pra puxar do pai, justo isso o sensível bichinho pegou. mas não tem problema, não. eu e shoyu – o verdadeiro dono […]

img_2292

† rodrigo oliveira †

quando o conheci, há cerca de dez anos, ele já usava camiseta branca básica um número menor que seu tamanho, pagava mamilo e acariciava as mãos de algumas freguesas, balbuciando algumas palavras, tais como tá com fome, cabra? nessa época jamais seria capaz de imaginar que escreveria essas tristes linhas. um pouco antes disso, foi […]

dscf5668

guaritônica

o chefe de cozinha australiano greigor caisley tem o raro dom de montar casas legais, desde o saudoso drake’s, único pub brasileiro possível. além disso, também é talentoso e inventivo cozinheiro. sua única – e grave – característica negativa é a infeliz irregularidade que assombra implacavelmente as cozinhas por onde ele passa. de maneira que […]

dscf6271

box 62

por nove anos mantive um blog muito mais acessado que esse site. lá escrevia um pouco sobre o que acontece na gastronomia paulistana, assim como faço aqui. modéstia às favas, ele já foi referência de pensamento crítico e independente, especialmente antes da chegada da era instagram, onde fotos importam mais que textos. acontece que, embora […]

dscf5686

bar do jiquitaia

nem sempre o melhor que você pode fazer justifica a existência de um negócio. construir um ambiente aconchegante não é exatamente assim a especialidade da família bastos, vide o salão torto do restaurante matriz e o novíssimo bar, com suas curiosas paredes brancas, claustrofóbicas janelas fechadas, luz estranha e madeira que segue a neoclássica escola […]

dscf5407

a tônica do gim

embora sempre tenha gostado dele, a maior parte da vida considerei gim tônica como bebida de pub ou drink de bar com cardápio grosseiro. a primeira vez em que tomei um melhor foi no saudoso myny bar, onde o hoje festejado bartender spencer jr me apresentou a uma versão mais sofisticada do cocktail, com tônica […]

img_6227

mercado municipal de pinheiros

o mercado municipal paulistano mais fiel à natureza de abastecer o cidadão sem dúvidas fica à beira da linha do trem, no bairro da lapa. lá é fácil comprar miúdos de boi, inúmeros tipos de grão a granel, entre tantas outras coisas legais. ganha de 7 a 1 da imensa macumba pra turista que se […]

dscf4860

maníacos

quando comecei a beber cerveja duas opções imperavam nos balcões dos botequins, brahma e antarctica. a segunda, por ser um pouco mais amarga, tinha minha preferência. junto com os anos 90 chegou a serramalte, nivelando a parada pra cima. mais uns anos se passaram e hoje a ambev normalizou toda oferta de cervejas populares, estragando […]

img_0116

obsessão

trabalho no etílico ramo de alimentação desde a mais tenra idade, quando subia em caixas de plástico pra ficar na altura da banca de frangos e miúdos do meu pai, nas quebradas da feira. desde então tornou-se inevitável o desenvolvimento de alguns desafetos, mas também de poucas e boas amizades. o pomodori já foi um […]